Omega-3 e menos TVs melhoram o sono das crianças!

Omega-3 e menos TVs melhoram o sono das crianças!


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Dois estudos publicados no início de maio de 2014 focaram no sono das crianças. No programa: ômega-3 e menos televisão para noites mais serenas ...

Omega-3s bom para dormir

Pesquisadores britânicos da Universidade de Oxford vinculamos com sucesso a ingestão de ômega 3, ácidos graxos essenciais ao corpo que extraímos de nossa dieta e qualidade do sono.

  • Para isso, eles acompanharam por quatro anos uma coorte de 362 crianças de 7 a 9 anos sofrendo de ansiedade e despertares noturnos. Essas crianças foram divididas em dois grupos: o primeiro grupo recebeu suplementação de ômega-3 por 16 semanas, 600 mg por dia, o segundo grupo, um placebo. Para verificar os efeitos benéficos do ômega-3 no sono, 43 dessas crianças foram equipadas com sensores de pulso por 5 noites.
  • Os resultados mostram que crianças suplementadas dormiram quase uma hora a mais e acordaram 7 vezes menos do que aquelas que receberam placebo.
  • conclusão se seu filho tiver noites agitadas, não hesite em cozinhar salmão e tempere suas saladas com azeite de oliva, dois alimentos ricos em ômega 3.

1 hora de TV = 7 minutos de sono menos

  • Enquanto na França, as crianças assistem TV em média para 2h14 a cada dia, que impacto isso causa no sono das crianças? Pesquisadores do MassGeneral Hospital for Children e da Harvard School of Public Health fizeram a si mesmos essa pergunta. Para isso, eles acompanharam 1.800 crianças por oito anos para analisar o consumo da telinha e o vínculo durante o sono. Sua conclusão é irrevogável: cada hora adicional de televisão durante o dia faz com que percam 7 minutos de sono. Mais uma prova de que a tela pequena é saboreada com moderação.
  • Lembre-se da recomendação dos especialistas em infância : antes dos 3 anos, é melhor evitar a exposição das crianças na frente da tela pequena, pelo menos limitá-la o máximo possível.

Stéphanie Letellier

(Notícias de 13/05/14)